Aprenda e siga o novo, mas não abandone o legado.

Padrão

code-459070_960_720

Com a evolução tecnológica, muitas novidades foram surgindo e o que estava estabelecido foi perdendo o foco e mercado, mesmo que não de forma definitiva. Um exemplo é o COBOL, onde aproximadamente a 15 ou 20 anos atrás era “a menina dos olhos de ouros”, onde muitos profissionais buscavam aprender e tinha mercado, porém agora o foco nesta linguagem não é o mesmo. Não que as empresas não precisem e nem trabalhem com ele, porém a demanda acaba sendo menor por conta das novas linguagens, tais como Java, .Net, Python entre outras. Continue lendo

Softwares que podem auxiliar em um gerenciamento eficaz do projeto

Padrão

Ferramentas de Gerenciamento de projetos

 

Convidado: Albner Diego Freitas

Gerenciar comunicação em projetos é um processo tão importante quanto qualquer outro processo nas empresas.

Os gerentes gastam a maior parte do seu tempo com comunicação ou com problemas decorrentes deste nos projetos. Reconhecer a comunicação como um processo, conhecendo seus elementos, formas de comunicação e partes envolvidas, é o primeiro passo para implantação de um sistema de gestão eficiente. Continue lendo

Manifesto para o Desenvolvimento Ágil de Software

Padrão

code-459070_960_720

Neste artigo irei apresentar brevemente o conceito e princípios utilizados pelo Manifesto Ágil, demostrar que ser ágil não significa ser apenas rápido e principalmente lhes apresentar que existem outras possibilidades de desenvolver e gerenciar projetos sem precisar obrigatoriamente seguir à risca os padrões de projetos.

O significado da palavra Ágil para muitos de nós descreve apenas algo voltado para rápido/veloz, inclusive essa é a própria descrição da palavra utilizada nos dicionários da Língua Portuguesa. No entanto, para o Manifesto Ágil, o significado de ágil é muito mais abrangente do que apenas ser rápido/veloz, é ser também flexível, ter capacidade de adaptação, replanejamento e absorção de mudança. Continue lendo

Documentar – O grande fantasma da TI

Padrão

fantasma da TI

Não tenho tanto tempo de carreira quanto transparece, seja pela minha aparência, seja pela minha chatice (que alguns dizem ser maturidade). Desde que ingressei no maravilhoso mundo da TI, por ter personalidade sistemática, sempre estranhei o fato de a TI ter dificuldade e até mesmo repulsa de documentar o que faz. Continue lendo

A diferença entre o vendido e o entregue

Padrão

Seja você fornecedor ou cliente de produtos de software, já deve ter passado por alguma situação onde o que foi vendido não é o que exatamente foi entregue. Ou então o que foi prometido pelo seu fornecedor não chegou nem perto de atender suas necessidades. Em ambos os casos nos remetemos a pergunta: Onde foi que errei para não atingir os objetivos do projeto?

Falar de projetos de qualquer tipo já é bastante complicado, principalmente quando quase nada no Brasil é planejado ou documentado. Bom mas não chegarei a uma análise tão criteriosa nesse post. Meu objetivo aqui é identificar por que não cumprimos a expectativa de nosso cliente, ou ainda por que não encontramos no projeto entregue por nosso fornecedor aquilo que procurávamos desde o começo? Continue lendo