Mas afinal por que Java?

Padrão

java-151343_960_720

Recentemente me perguntaram qual linguagem de programação seria mais indicada para começar a se dedicar, e eu logo respondi, que o mais indicado seria levantar algumas linguagens de programação do mesmo segmento para começar a ler a respeito e praticá-las. O ideal também é praticar um pouco da lógica de programação, mas a decisão deverá ser pessoal, sem a interferência de opiniões meramente pessoais e sem relevância para os seus objetivos, lembre-se nem sempre o que é bom para um será bom para o outro. Até porque será necessário empenho e dedicação exclusivamente para ela por um tempo.

No caso das organizações, assim como qualquer outra tecnologia a ser adotada, uma linguagem de programação a ser escolhida deverá atender as necessidades do negócio, visando tanto o presente como o futuro e considerando sempre suas particularidades. Portanto, em uma possível tomada de decisão estratégica é imprescindível que sejam analisadas mais de uma, no entanto, neste Post falaremos unicamente da linguagem de programação JAVA.

Linha do Tempo JAVA –

Em 1992 a SUN criou um Green Team, liderado por James Gosling (considerado o pai do Java) para desenvolver inovações tecnologias. No entanto, a primeira de suas tecnologias desenvolvidas, não deram certo, e só em meados de 1995/1996 enxergaram a possibilidade de poder programar em uma única linguagem independentemente da plataforma. E foi a partir daí que a tecnologia Java surgiu:

Java 1.0 – ano 1996 – Com o objetivo de transformar o browser de apenas um thin client em uma aplicação que pudesse também realizar operações avançadas.

Java 1.1 – ano 1997 – Obterão as bibliotecas adicionais (JDBC, JavaBeans, entre outras).

Java 1.2 – ano 1998 – Considerada a versão da mudança, já que devido ao alto índice de desenvolvedores estarem confundido a linguagem Java com a linguagem Javascript (que são diferentes), foi declarado que a partir das próximas versões o nome ficaria denominado Java 2. E também foi anunciado a “divisão” da tecnologia Java em três edições (J2SE, J2EE, J2ME).

Java 1.3 – ano 1999 – lançamento da J2SE.

Java 1.4 – ano 2002 – lançamento do Java Web Services Developer Pack (WSDP).

Java 1.5 – ano 2004 – lançamento do Java 5.0, chamado de Java Tiger.

Java JSE 6 – ano 2006 – vê outras alterações que mudaram na nomenclatura (remoção do 2 – J2SE) e melhora significativa na performance e na estabilidade tendo o surgimento do JIT.

Java JSE 7 – ano 2011 – Alguns aperfeiçoamentos (Suporte ao uso de strings em condições do switch, gerenciamento automático de recursos, entre outros).

Leia mais da história da linguagem Java em: http://www.java.com/en/javahistory/ e também em: http://www.devmedia.com.br/entendendo-e-conhecendo-as-versoes-do-java/25210

Algumas Particularidades do Java –

Não existe linguagem de programação melhor ou pior, existem entre elas particularidades únicas capazes de influenciar em uma tomada de decisão.

No quadro abaixo destaquei algumas das particularidades vantajosas do Java:

PATRICULARIDADES

OBSERVAÇÕES

 

 Multiplataforma

É possível desenvolver em diversas plataformas, sejam elas aplicações para desktop, web, smartphones, tablets, cartões, televisões digitais, entre outros.
 

Comunidades

Essas comunidades são mantidas por grupos de usuários Java em todo o mundo.
 

Conectividade com diversos Banco de Dados

API JDBC, é uma biblioteca de classes para acesso ao banco de dados pré selecionado.

Frameworks Gratuitos

Com o investimento e colaboração das comunidades e empresas, atualmente possuem frameworks gratuitos e prontos a serem utilizados.

Códigos em Orientação a Objetos

Quando o OO é aplicado corretamente, a facilidade para manutenções acaba sendo mais eficiente. No entanto, existem diversos benefícios para desenvolver aplicando OO.
  

Tecnologia free e quase totalmente sem custos

A tecnologia em si não tem quase nenhum custo, sendo que seus ambientes de desenvolvimento são free (NetBeans, Eclipe, Jcreator, entre outros) e os servidores de aplicação também (TomCat, Jboss, Jetty, entre outros).
  

Moderada Aprendizagem

É de fundamental importância na aprendizagem de uma linguagem de programação o empenho e dedicação. Mas o nível de dificuldade em comparativa com outras linguagens é considerada moderada.

Fique Por Dentro –

Visando o índice apontado pela TIOBE Programming Community, indicador da popularidade de linguagens de programação, o Java encontra-se em 1° colocado, considerando que as classificações são atualizadas mensalmente e baseadas no número de engenheiros qualificados a nível mundial, cursos e fornecedores de terceiros, sites de busca mais populares como Google, Bing, Yahoo !, Wikipedia, Amazon, YouTube e Baidu são usados para calcular as classificações. Para ler mais a respeito dos rankings acesse o site: http://www.tiobe.com/tiobe-index// 

Vejam o ranking abaixo:

img1

A linguagem de programação JAVA foi ganhadora do prêmio Programming Language of the Year de 2015. Sendo que este prêmio é dado a linguagem de programação que tem a maior elevação nos ranking em um ano consecutivo. Para ler mais a respeito dos ranking acesse o site: http://www.tiobe.com/tiobe-index//

Vejam os ganhadores de cada ano:

atv2

finally { 

Tanto para as organizações que precisam tomar uma decisão estratégica, como também para os iniciantes na área de programação acaba sendo difícil decidir uma linguagem de programação entre várias outras, principalmente com a responsabilidade de enxergar o presente e prever o futuro. Neste caso, para evitar riscos o melhor a se fazer é levantar algumas das linguagens de programação que melhor se enquadram nos objetivos do negócio e segmento do mercado, para que possam ser testadas, levantados cases de sucesso, visibilidade, usabilidade, entre outras particularidades impertinentes que possam influenciar em uma tomada de decisão.

Mas afinal por que Java? Eis a pergunta do título. Não levando em consideração comparativas com nenhuma outra linguagem, até porque entendo que cada uma delas possuem suas particularidades relevante ao que foi proposto, e sim, porque é uma das linguagens de programação mais discutidas nos últimos tempos entre diversos profissionais, possui excelentes rankings (vimos dois deles no Post), possui possibilidade de desenvolvimento para diversas plataformas e continua crescendo tecnologicamente.

}

Até o próximo Post

E não deixe de curtir a nossa página do Facebook: facebook.com/tieprojetos